segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Idéia para pooost, cadê você?

Hoje fiquei pensando na mesma coisa que a maioria dos blogeiros também ficam: “Sobre o que eu vou escrever hoje?”, é um dilema.
Você quer escrever sobre algo interessante para que seus leitores se orgulhem, mas nada flui, e você fica deprê. Surgem idéias como por exemplo, um bem comum, um assunto instigante, uma polêmica, algo engraçado, resumindo, algum assunto interessante e que não espante seu leitor.
Seus miolos trabalham e pensam e nada flui. Você dá uma voltinha, vai no banheiro, come alguma coisa, mas a obrigação de escrever fica ali, martelando sua cabeça. Você tenta buscar inspiração em alguma coisa, em uma obra de arte (que mentira?!), olha pro céu, e nada.
Até que surge uma idéia, uma grande idéia. Você corre para o computador afim de colocar em prática sua maravilhosa e incrível idéia. Você escreve e escreve, não pode parar e se alguém falar contigo é capaz de levar um soco ou no mínimo ficar sem resposta. Até que seu esplêndido texto fica pronto (ou pelo menos você acha esplêndido). Aí só falta publicar. Depois, visualizar Blog! Que maravilha! Vamos dar uma lidinha. No mínimo 30 erros de português que você não notou, erros terríveis e você vai correndo corrigir. Aí você lê de novo e teu post nem está tãão bom assim. Ou melhor, não está nada bom. Aí tu pensa: Putz, eu estava tão empolgada(o)!
Mas você muda aqui, muda ali, acolá, até que finalmente pela 34° vez você posta aquela coisa. Muito bem, é só esperar os comentários. O pessoal até comenta, mas não o que você esperava de sua mais nova criação escrita. Que saco.
O pior é amanhã, que você tem que postar novamente.
Aí eu fico pensando, será que vale a pena escrever todos os dias?
Para quê? Para começar a perder os leitores com assuntos insignificantes?
Olha leitor, vou começar a postar conteúdo e não quantidade porque eu quero do fundo do meu coração continuar recebendo sua visita. Por favor, para as pessoas que postam diariamente, não se ofendam, se você consegue diariamente parabéns. Já eu, não sou uma tão bem dotada de idéias assim. Aí de duas uma, ou você escreve sobre coisas interessantes, ou sai um post como este, falando da falta de assunto...

8 comentários:

Raquel disse...

Adorei... na falta de assunto, acabou surgindo um ótimo post!!

E é difícil.

Tive o mesmo pensamento hoje pela manhã, e acabei escrevendo sobre segundas-feiras, sendo que minha última postagem foi "Domingos"

=D

Shoooooooooooowl!!!

Teilor disse...

Muito bom mesmo. Eu também me piro quando fico muito tempo sem o que postar, mas como parece que eu sempre tenho alguma coisa para contar eu acabo postando qualquer coisa mesmo.

Claro que eu não sou jornalista que nem tu, por isso exijo bem menos dos meus textos!

Lilian Pavan disse...

Nossa! Pior que eu tb. fico sempre pensando: O que vou postar hoje"? rsrs...

As vezes surgem idéias e mais idéias que, um post é pouco. Porém, tem dias que nada flui... ai a gente fica "caçando assunto" p/ postar.

Mas tai!!!!! Amei o post! Isso mostra que você não está sozinha nesta barco. rsrs...

bj grande querida

Andréia Santana disse...

Oi Bruna!
Aproveitando minhas horinhas de folga no final do dia... eu vim te agradecer pela visita. Seja bem vinda e espero que volte sempre. Também adorei seu blog, ele já está add em meus favoritos.

Bom! sua post até pode ser falta de assunto, mas eu gostei. Quando eu tinha mais um tempinho extra pra blogar, eu ficava meio pínel sem saber o que postar. Mas hoje, com a falta de tempo, sou obrigada a postar só nos sábados a noite, ou as vezes só de madrugada. Então! apareça por lá nos domingos pra me visitar e ver as novidades.
Bjos e tenha uma ótima semana.

Kell disse...

Não sei o que é pior...
Fiquei sem blogar por uns dias e já tenho várias coisas pra contar. Não sei por onde começar...
Mas também passo por dias totalmente "sem assunto". Aí, é bom nem escrever mesmo...
Beijos!

iara-alencar disse...

oi
meu problema nem é a falta do assunto, mas nao consigo fazer o assunto fluir.
Eu tenho varias ideias, mas a coisa toa nao sai, é como se me faltasse palavras certas.

O Profeta disse...

Olhos brilhantes maré tardia
Cabelos rebeldes em desalinho
Pés descalços no, frio barro
Um berlinde atirado ao caminho

Um bando de alegres pardais
Ou um domador de tempestades
Apenas um pássaro charlatão
Dividindo o pão em metades


Vem mergulhar com os Capitães do Calhau


Mágico beijo

Afrodite disse...

oi Bruna!
Eu levei um susto enorme qd li o que vc postou...eu sempre leio o seus comentário mas não coloquei vc na minha lista por puro esquecimento!!Eu conheci o seu blog,salvei nos meus favoritos e cometi a estupidez de esquecer de colocar no meu blogroll!!Imperdoável...eu sei!
Passe lá e pegue o seu selo de blog amigo!E perdõe...é a idade...rsrsrs!
Já corrigi o meu erro!Esse presente é justo praquelas pessoas que nos acompanham,tem nosso link,comentam...e vc não poderia mesmo ficar de fora!
Espero que vc entenda esse problemas de 'velhicie'...rsrs
É o aniversário que se paroxima e me causa esses lapsos...
Bjos!

 
Era uma vez... © 2008 Template by Exotic Mommie Illustration by Dapina