quarta-feira, 28 de julho de 2010

Desamores




Apaixonar-se é a coisa mais linda do mundo. Conhecer a pessoa que você quer passar o resto da sua vida em uma festa/janta/aniversário da avó é a parte inicial, onde tudo começa. Olhares são trocados, risinhos e coitado do ouvido de quem está ao seu lado, pois começamos a falar pra pessoa mais próxima sobre o nosso alvo. Obviamente a pessoa que está ao nosso lado não quer nem saber, mas fica concordando com a cabeça pra não parecer chata ou inconveniente.
Mas aí vem o amigo/promotor da janta/parente distante saber se você está sozinha (o) porque alguém (você finge não saber quem) gostaria de saber.
Nossa!

- Oi.
- Oi. (Cara de surpreso e de quem não sabe o que está acontecendo)
- Por acaso tens namorado (a)?
- Por? (Até parece)
- Uma pessoa gostaria de saber.
- Huumm... Na verdade não tenho. Mas quem é o interessado (a)? (Ah, tá!)
- Uma pessoa ué.
- Quem?
- Ah, deixa eu responder pra ela e vamos ver o que acha. Quem sabe vem falar contigo.
- Não, quem é você? Te conheço?
- Claro, desculpa. Meu nome é Alcione (Tanto masculino quanto feminino. Sim, eu conheço dois seres de sexo diferente com esse nome).
- Muito prazer. Mas diga a essa pessoa que eu ainda não sei quem que se tiver coragem venha falar comigo.
- Ok, prazer é meu.

Pronto! Os ouvidos da coitada da sua amiga(o)/prima(o) se ferrou. No meu caso, como sou mulher, carrego a pessoa do lado pro banheiro e lá começa o ritual. Retoca a maquiagem, o perfume, arruma o cabelo, arruma a roupa e antes de sair do banheiro encolhe bem a barriga e anda como se fosse em câmera lenta.
Se você for homem, no máximo conta vantagem pra mais de 8 amigos/primos que estão na volta e vai no banheiro dar uma boa mijada antes de iniciar o papo com a pretendente.
Quando está tudo praticamente no fim o indivíduo vem falar com você e aí está dada a largada. Depois de muita conversa, telefones são trocados e um encontro é marcado.
Se você for mulher, sem comentários, prefiro não nos expor aqui se algum homem estiver lendo. A nossa preparação dura uma semana. Se você for homem toma um banho, coloca uma roupa qualquer, passa um perfume e compra um trident. Só. Estou mentindo?
Enfim, depois de muito papo vocês ficam. Que coisa linda! Parece um limbo, uma lata cheia de leite condensado, um pote doce de mel, uma cama elástica, um arco-íris, uma primavera, ou seja, um nojo só!
Nas próximas vezes que vocês se encontrarem, as mãos já vão suar quando enxergar a pessoa, uma tremedeira toma conta de seu corpo, na hora de dizer um "Oi", você fala vários porque fica gaguejando até conseguir sair um "Oi" inteiro. Que meigo, certo?
ERRADO!0)
Vai pra PQP! Começa a desgraça, isso sim! Tu se apaixonou querida (o)! Fudeu!
No início é o limbo, mas começou o namoro, começa as ligações pra saber onde estás, reclamações sobre suas roupas, sobre seus olhares pro lado, discussões de restaurante, sogra, futuro casamento e por aí vai descendo... não tem jeito.

Pensamento da mulher: Ele está parado olhando pra frente enquanto estamos sentados aqui nessa bela praça! Será que ele não está conversando comigo porque está preocupado com algo? O que eu fiz? Meu Deus, eu não lembro! Socorro! Acho que ele vai querer terminar! Como eu vou seguir vivendo?

Pensamento do homem: Como será que aquele cara consegue andar de bicicleta aqui na praça? Eu nunca aprendi, que saco! Acho que vou tomar um suco com essa minha namorada linda.

- Vamos tomar um suco, amor?
- Claro! (É agora, ele vai pedir o término!)
- Como aquele cara consegue andar de bicicleta aqui no meio de todo mundo?
- Não sei querido. (Ele já está puxando o assunto!)
- Prefere suco de abacaxi ou laranja?
- Qualquer um, escolhe você. (Meu Deus!)
- Abacaxi pros dois.
- Prefiro laranja.
- Mas tu disse tanto faz! (Mulheres!)
- Mas prefiro laranja! (Homens!)

E por aí vai. Sinto muito se você está na fase inicial, sinto muito mesmo. Ou você decifra o gosto do suco do outro, ou seu namoro vai pro suco a baixo.
Homens e mulheres são muito diferentes, paciência é a frase.
Se vocês tiver, ÓTIMO.
Se não tiver... PACIÊNCIA.
E evite ir em festas/jantas/ainverários da vó, se não, seu destino está traçado.

5 comentários:

Valci Pessoa disse...

Bruna que gentil da sua parte lembrar de mim ;;
Adorei o texto, me fez lembrar da maneira como eu conheci uma pessoa do meu passado.
Enfim... Nem tudo dar certo.
Volte outras vezes querida, bjs.

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ ANDRÉIA Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sant'Anna disse...

Meu Deus! Que coisa trágica!!! Depois do casamento, piora minha filha... mas, quem nesse mundo quer ficar sozinha??? Amores e desamores... faz parte da vida.
Bjks

Jééh ! disse...

Amore, depois de um ano to de volta...

Depois me visita...

Beijos!

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ ANDRÉIA Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sant'Anna disse...

Bruna, voltei!
Se vc voltar em tempo... será que vc poderia me dar uma ajudinha???
Um texto meu do meu blog está concorrendo em uma enquete neste site: http://simplythebest01.blogspot.com
Vai lá dar um votinho pra mim, please!!!
É só selecionar meu nome ANDRÉIA SANTANA na categoria moda e clicar em votar e pronto! Que tal???
To contando com vc, tá! Por favor!!!
Bjks

Deni Maciel disse...

´pra mim foi um post d autoajuda
mto acrescentativo
brigado mesmo.
e concordo em genero numero grau e caracteres com vc...

Abraços
ótima semana
se cuide e
feliz dia do Rádio Am com toca-fita

 
Era uma vez... © 2008 Template by Exotic Mommie Illustration by Dapina